Author Archive: Wallace Pena

Seguro viagem: Veja quais lugares são obrigatórios

Planejar uma viagem é sempre algo excitante, conhecer novas culturas, lugares e pessoas é uma experiência totalmente agradável e enriquecedora para nós. Mas, não podemos esquecer que estamos sujeitos a imprevistos em todos os lugares, e ao invés de aproveitar sua viagem, pode acabar tendo uma dor de cabeça enorme.

Para evitar que isso aconteça, basta contratar um seguro viagem. Ele garante proteção e assistência para emergências médicas e odontológicas, extravio de bagagens e muitas outras coberturas.

Além disso, você sabia que alguns países o seguro viagem é obrigatório? Sim! Em alguns países, se você não tiver contratado um seguro viagem com a cobertura estipulada, eles não irão permitir sua entrada! Por isso antes de viajar, pesquise sobre as regras de imigração do destino.

Para te ajudar vamos falar em quais países o seguro viagem é obrigatório.

América Latina

Apenas Cuba e Venezuela exigem a contratação do seguro viagem na América Latina. Para Venezuela é necessário a contratação de uma cobertura de no mínimo 40 mil dólares e o adicional de mil dólares para roubos, furtos e extravio de bagagem. Já em Cuba o seguro viagem precisa ter a cobertura de 10 mil dólares para assistência médica.

Austrália

Na Austrália, o governo exige a contratação do seguro viagem para quem irá fazer intercâmbio. O seguro viagem, na verdade, é a contratação do Overseas Student Health Cover (OSHC), que permite o intercambista utilizar o sistema público.

Europa e o Tratado de Schengen

O Tratado de Schengen é um acordo feito entre alguns países da Europa para facilitar a circulação dos turistas entre esses países, a exigência é de um seguro viagem com cobertura de no mínimo 30 mil euros para assistência médica e repatriação médica e funerária.

Na Irlanda, que não faz parte do tratado, o seguro viagem é obrigatório, mas não é exigido a cobertura mínima de 30 mil euros.

Países do Tratado de Schengen

Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polónia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça.

Energia solar ajuda na economia e valoriza imóvel

Os benefícios da energia solar são muitos, mas realmente a economia é o que se destaca. Saiba como a energia solar ajuda na economia e valoriza o imóvel, aqui neste artigo!

A utilização de energia solar é uma ideia muito rentável, uma vez que os proprietários têm todo o interesse em fazer economias consideráveis ​​com o sistema, mesmo com os custos adicionais. E em tempos difíceis financeiramente, têm benefícios similares aos que todos realmente poderiam usar. Se você está procurando maneiras de economizar eletricidade, a energia solar é uma proteção formidável.

O que a energia solar faz?

Essa tecnologia usa matrizes de módulos fotovoltaicos para converter a energia da luz solar em eletricidade. É o mesmo suco que é armazenado em baterias ou é direcionado para casas para uso com qualquer tipo de aparelho elétrico.

Entre os benefícios da energia solar, estão os benefícios ambientais. Grande parte da energia que consome agora provavelmente vem dos meios tradicionais de produção, como a queima de combustíveis fósseis. Não há dúvida de que a energia solar (sem combustível ou subproduto) é a solução mais sustentável e ecologicamente correta.

No uso real pelos consumidores, a energia solar é uma tecnologia prática. Países como a Finlândia e a Espanha já contam com instalações que funcionam com energia solar. Proprietários dos EUA  relatam que essa energia pode gerar pelo menos 20% da eletricidade em sua casa. Engenheiros de todo o mundo dizem que será possível ter casas totalmente alimentadas pelo sol na próxima década. Se você está procurando soluções para reduzir o custo da eletricidade, a energia solar pode ser a solução que precisa.

Custo da energia solar e porque ela valoriza os imóveis

E então há essa questão crucial: quanto custará mudar para a energia solar? Se você considerar apenas o preço, o sistema para instalar a energia solar em sua casa está longe de ser barato. No entanto, quando você coloca as coisas ao lado do que você tem que ganhar, este é um dos melhores investimentos que pode fazer.

No entanto, você poderá recuperar o investimento realizado em alguns anos, pois o consumo na sua conta de energia elétrica será muito baixo.

A energia solar pode trabalhar em conjunto com fontes tradicionais de energia. Em outras palavras, um sistema de energia solar em casa reduzirá seu consumo de energia tradicional, você pagará pode pagar até mesmo apenas a taxa, já que o consumo de energia no período noturno é menor.

Uma vez instalado o sistema, a energia solar produzirá eletricidade continuamente, sem necessidade de combustível ou manutenção, o que minimiza os custos e impactos ambientais.

Além disso, os imóveis que possuem esse sistema já instalado são mais valorizados no mercado, uma vez que possui uma fonte de energia renovável que proporciona economia.

 

 

 

Consórcio: saiba como fugir de fraudes e golpes

O consórcio é uma das principais formas de comprar bens através de parcelamentos. Com ele é possível obter aquele automóvel, imóvel ou qualquer outra posse que você tanto deseja.

Apesar da contratação do consórcio ser uma excelente opção para você obter o bem que tanto almeja, nem sempre as administradoras são confiáveis, e por isso é necessário fazer uma ampla pesquisa antes de fechar contrato com qualquer empresa.

Você deseja saber como é possível fugir de fraudes e golpes em consórcios? Confira o nosso post, pois daremos várias informações acerca desse assunto.

O que é consórcio?

Consórcio é uma forma de comprar bens de alto valor, e funciona da seguinte forma: a administradora forma um grupo de pessoas interessadas em comprar determinado bem, e esses consumidores vão pagando mensalmente o valor indicado pelo contrato.

Para que o usuário ganhe a carta de crédito, ele precisa ser contemplado nos sorteios ou realizar lances no leilão.

No Brasil, os consórcios são levados à sério, afinal todas as operações são reguladas pelo Banco Central. Mas, assim como em qualquer setor, podem ocorrer fraudes e golpes também no ramo de consórcio. Por isso é necessário ter bastante cuidado.

Afinal, como fugir de fraudes e golpes em consórcio?

Para fugir de fraudes e golpes em consórcios é necessário seguir algumas dicas, como:

  • Leia atentamente o contrato;
  • Peça o comprovante de pagamento das parcelas do consórcio;
  • Desconfie de anúncios que proporcionam benefícios demais;
  • Verifique se a administradora é autorizada pelo Banco Central.

Se mesmo seguindo essas dicas, você participar de algum problema de fraude e golpe, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor, e em casos mais graves vá em busca da Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio para obter todos os seus direitos. Assim é possível não ter maiores problemas futuros.

Taxa de câmbio: O que você precisa saber

Se você vai viajar ou sonha em importar algo com certeza já ouviu falar em taxa de câmbio. Na verdade é uma palavra relativamente comum em jornais e em discussões econômicas. Apesar disso, poucos sabem o que isso realmente representa. O câmbio é basicamente o seu significa, uma “mudança”. No caso da taxa de câmbio estamos falando sobre a variação das moedas.

Complicou? Bem, esqueça as moedas como elas são e pense nelas como “unidades” da bolsa de valores, um dia o país fez escolhas boas e a moeda subiu, a bolsa valorizou. Em outro dia, um país fez uma dívida, o mercado se sentiu receoso e a moeda desvalorizou, e a bolsa caiu.

Nessa flutuação, que pode parecer sem sentido, as icógnitas são diversas. Não se escolhe o dia ou a hora, exceto por momentos específicos. Para recuperar investimentos e valorizar a moeda, a equipe econômica pode decidir baixar a moeda inicialmente.

Quando se pensa em taxa de câmbio é a combinação de 3 fatores: a variação da moeda 1, a  variação da moeda 2 e a diferença entre elas. Lembrando que estamos pensando em variação positiva ou negativa, uma valorização/desvalorização em comparação a um momento anterior.

Entretanto essa “variação” é determinada a partir da combinação de outros pontos como trocas comerciais, transações e etc. É complexo.

Por quê o câmbio comercial é mais baixo?

O câmbio comercial não envolve a troca de dinheiro físico, envolvendo a compra e venda de produtos. É o grande responsável pela balança positiva ou negativa dos países. Ou seja, é o câmbio comercial que regula o valor de um produto em dólar, partindo de reais. Além de regular o quanto se comprou em comparação ao exportado. Uma balança positiva em comparativo a um país x regularia uma maior taxa de câmbio entre as moedas. Isso, além de outros fatores conhecidos como bolsa de valores, a própria relação do país com o dólar.

Já quando falamos de câmbio turismo, falamos de mudança de moeda. A impressão de mais notas e confecção de moedas, funcionários, taxas, as empresas que fazem tal câmbio, além da relação cambial. Tudo isso influencia no valor superior do câmbio turismo em relação ao câmbio comercial.

Sendo um assunto tão complexo, precisa-se tomar cuidado com todas as informações colhidas. Nada é tão simples e o câmbio influencia tudo, principalmente índices essenciais como a inflação. E, em contrapartida, tudo influencia o câmbio. As relações comerciais só ocorrem de acordo com este, a bolsa necessita de bons índices e o país, para se desenvolver, precisa de investimento. Essa interligação gera uma instabilidade que podemos perceber em todas essas taxas.

Contratar seguro automóvel: Como não errar na hora da contratação

Contratar seguro automóvel é muito importante. Afinal, ao ter um seguro, você estará protegido contra roubos, avarias em seu carro, acidente e outras coisas. Tudo dependerá do tipo de seguro contratado.

Mas, afinal, como contratar seguro automóvel sem errar? Veja as dicas a seguir e não erre na hora da contratação.

Contratar seguro automóvel sem errar

Procure um corretor de seguros para contratar seguro automóvel

Os corretores de seguros apresentam os preços mais baixos. Por isso, para não errar, principalmente com relação ao preço, ao contratar seguro automóvel, procure um.

Não minta para o corretor de seguros ao contratar seguro automóvel

Ele precisa saber quem você é e sobre a sua renda para que você possa contratar seguro automóvel perfeito para as suas necessidades. Por isso, seja honesto em suas respostas.

Ao contratar seguro automóvel tenha em mente que a cotação dos carros muda

Muitas coisas interferem em um valor na hora de contratar seguro automóvel. A sua idade, o seu carro e as condições de uso são alguns fatores que acarretam mudanças.

Na hora de contratar seguro automóvel procure a franquia que mais lhe agrade

Se você não achar necessário tanto dinheiro para comprar um carro novo, mas vê a necessidade em uma franquia maior para casos de acidentes, procure por isso. Há no mercado diversas possibilidades de franquias para você contratar seguro automóvel.

Analise a cobertura na hora de contratar seguro automóvel

É essencial que você veja o que o seguro cobre antes de contratar seguro automóvel. Afinal de contas, os seguros apresentam diferentes benefícios para que possam agradar a diversas pessoas.

Confira, na hora de contratar seguro automóvel, se as coberturas essenciais estão presentes. As fundamentais são as coberturas contra roubo, incêndio, furto e acidente.

Pronto para contratar seguro automóvel sem erro? Com essas dicas você está!

4 Taxas que o banco pode cobrar pelo uso do cartão de crédito

Antes de contratar um serviço bancário, especialmente um cartão de crédito, o que deve-se observar são suas taxas mensais. É curioso como normalmente tende-se a olhar para o limite que esse dispõe e esquecer do pacote que pode elevar mais ainda seus custos mensais.

1- Anuidade do Cartão de Crédito

A anuidade é a primeira taxa que se tem conhecimento. Essa seria semelhante a taxa de manutenção mensal cobrada pelos bancos em contas correntes, por exemplo. A anuidade muitas vezes é embutida em outras taxas maiores ou, ainda, colocada como “de graça” a partir de uma compra no valor X mensal.

É um valor que não volta, logo opte sempre por cartões que não possuem essa taxa.

2 – Saque Diretamente pelo Cartão de Crédito

Esse serviço apesar de pouco falado é muito comum. Abrindo o aplicativo do banco é fácil visualizar um limite de um valor X por um saque. Quanto maior o valor, mais caro fica o empréstimo, chegando a uma taxa maior que o próprio crédito especial.

Quanto mais fácil o crédito, mais altas se tornam suas taxas e juros. No caso do saque você paga ambos.

3 – Juros de Parcelamento de Fatura do Cartão de Crédito

Chegando ao lugar comum de muitos iniciantes no mundo do cartão de crédito, os juros pelo parcelamento da fatura chegam a mais de 150% ao ano.

Mesmo que pareça pouco por mês ao fazer os cálculos você percebe que pagou sua fatura mais de uma vez.

4 – Parcelamento de Contas pelo Cartão de Crédito

Essa ferramenta permite o parcelamento de contas pagas em boletos (água, luz…). E qual seria o problema? Além de te enrolar economicamente, as taxas são bem abusivas.

Varia pelo banco, mas é uma péssima escolha quando se está apertado, anualmente as taxas podem chegar até quase 100%.

Conhecer as taxas dos bancos é o primeiro passo antes de escolher um cartão de crédito. Vale a pena pesar as taxas e priorizar o que é mais seguro para suas necessidades. No mais lembre-se que crédito fácil significa potenciais dívidas.

Seguro Automóvel: 3 Dicas na hora de contratar

Contratar um Seguro Automóvel está no topo da lista das coisas que você deve garantir após comprar seu tão sonhado veículo. Isso porque, segundo dados atuais, 01 carro é roubado por minuto no Brasil. E fazer parte deste dado é algo que temos que considerar.

Já pensou ter seu veículo roubado depois de tanto sacrifício para conseguir compra-lo? Este é o principal fator que leva o brasileiro a não abrir mão do seguro automóvel.

Hoje eu vou te contar 3 coisas que você precisa saber na hora de escolher o Seguro Automóvel. Vamos lá?

1.    Cote com várias seguradoras antes de fechar o seguro:

O principal erro hoje em dia é não realizar um número de cotações satisfatórias para ter base de comparação na hora de fechar o seu seguro automóvel. Devido à correria do dia a dia, o brasileiro cota com no máximo duas ou três seguradoras e já vai fechando. Quem não compara, paga mais caro. Então fique esperto.

2.    Deixe a mentira de lado:

Um erro muito comum na hora de contratar um seguro automóvel é mentir sobre algumas questões visando diminuir o valor total do seguro. Se o carro fica na garagem ou quais pessoas que podem dirigir o veículo estão no topo da lista. Isso pode até parecer uma vantagem na hora de analisar o preço, só que caso aconteça algum imprevisto e o nome da pessoa que estiver dirigindo não estiver na lista, ou o carro não tenha sido “guardado” no local informado, o seguro não fará a cobertura. Não é isso que queremos, não é mesmo? Lembre-se sempre: as seguradoras investigam tudo antes de liberar qualquer tipo de pagamento.

3.    Quais assistências solicitar?

Contratar um seguro automóvel não é brincadeira e pode refletir diretamente no seu orçamento. Por isso, pense bem em tudo que realmente pode precisar em caso de roubo, assalto, problemas mecânicos. Será que você terá condições de arcar com um guincho caso não solicite essa opção no seguro? É muito importante pensar em tudo que fará com o carro para avaliar exatamente as assistências que precisará inserir no seguro automóvel.

Agora que você já sabe quais são as 3 principais questões a serem analisadas antes de contratar seu Seguro Automóvel, está pronto para iniciar sua cotação. Vamos lá?

Cotar seguro viagem: Três formas de cotar seguro viagem

Realizar uma viagem ao exterior exige um longo planejamento, além da escolha do destino e lugares a serem visitados, não se pode esquecer que imprevistos podem acontecer e se preocupar em contratar um seguro viagem, para se prevenir de imprevistos ao longo da viagem.

Um seguro viagem além da assistência médica, pode incluir proteção contra extravio de bagagem, cancelamentos de voos e da viagem, até assistência jurídica de acordo com a modalidade contratada.

Para ajudar em seu planejamento vamos citar três formas de cotar seguro viagem:

Cotar seguro viagem em corretoras de seguro do ramo de viagem

As corretoras especializadas em seguro viagem oferecem uma cotação do seguro com um grande número de companhias, obtendo dessa forma uma visão ampla das opções disponíveis no mercado.  Na maioria das vezes possuem uma plataforma para cotação online, além de algumas oferecerem auxílio especializado para escolha do que melhor se encaixa em seu perfil.

Cotar seguro viagem em Agências de Viagens

As agências de viagens também costumam oferecer esse serviço, mas de uma forma menos ampla, vão te oferecer a cotação do seguro viagem feito apenas com as companhias que trabalham. essas por serem em número menor não ser a melhor oferta disponível no mercado.

Cotar seguro viagem com a operadora de cartão de crédito

As grandes bandeiras de cartão de crédito costumam também oferecer esse serviço, algumas vezes até como benefício dependendo do tipo do cartão do usuário. Para cotar o seguro viagem oferecido pela bandeira do cartão você deve entrar em contato direto com a operadora ou com a agência bancária para verificar se o seu cartão possui esse serviço e quais as vantagens e custo de contratação.

Vale lembrar alguns pontos que não podem ser esquecidos no momento de cotar seguro viagem: Você deve passar informações exatas sobre sua viagem, como datas, finalidade, locais a serem visitados e número de pessoas a serem incluídas na apólice, para conseguir contratar o seguro com maior custo benefício para seu perfil.

Plano de saúde Cruz Azul: Conheça o plano

Em tempos de saúde deficiente, um plano de saúde torna-se indispensável. Mas a grande dificuldade das empresas e das pessoas ao escolher um plano de saúde é saber qual é o melhor, qual tem a melhor cobertura e os melhores benefícios. Por isso, apresentamos o Plano de Saúde Cruz Azul, um plano de saúde completo, com ótimos benefícios e coberturas.

Nos últimos tempos, cuidar da saúde de forma gratuita está cada vez mais difícil, por esse motivo, nada melhor do que ter um plano de saúde que atenda às nossas necessidades, onde temos os melhores atendimentos em hospitais e clínicas, e maior acesso aos melhores profissionais da área da saúde. Desta forma, apresentamos o Plano de Saúde Cruz Azul.

A Cruz Azul é uma associação de saúde suplementar privada, um plano de saúde que conta com uma grande rede de profissionais das mais diversas especialidades credenciadas para atender os beneficiários, planos individuais e empresariais e diversos outros benefícios. Além disso, o plano de saúde Cruz Azul resolve todo o problema e reclamações que venham a ocorrer, tanto que recebeu o selo “Ótimo” do site Reclame Aqui, que atesta o bom atendimento, a rapidez na solução das reclamações, além de analisar a satisfação dos reclamantes após o atendimento e solução dos problemas apresentados.

No site do Plano de Saúde Cruz Azul, você pode encontrar todas as informações necessárias sobre o plano de saúde e os profissionais credenciados, além de estar bem informado sobre a administração, a situação financeira da Cruz Azul, e fica sabendo toda e qualquer novidade que o Plano de Saúde Cruz Azul possa trazer aos seus clientes.

Se você procura por um plano de saúde completo, com benefícios, com todas as coberturas que você precisa e o preço justo, o Plano de Saúde Cruz Azul é o plano de saúde que você procura.

Máquina de cartão: 3 melhores marcas de maquininha

Ter uma máquina de cartão na sua empresa é o segredo para aumentar o faturamento. Com ela, você não precisa mais passar pela frustração de perder vendas porque não aceita cartão, ou pior, não agradar o cliente.

Para aproveitar as vantagens que esse equipamento oferece é necessário adquirir uma de boa marca. Selecionamos abaixo as principais maquininhas do mercado, que além de taxas baixas também oferecem benefícios aos seus clientes. Saiba mais:

1.  Máquina de cartão Moderninha Pro – PagSeguro

A Moderninha Pro do PagSeguro pode ser classificada como a melhor máquina de cartão do mercado. Ela oferece um ótimo custo-benefício para os empreendedores, que têm a oportunidade de comprar a sua própria maquininha.

Com a Moderninha Pro, os gestores têm acesso a uma série de benefícios como:

  • Sem taxa de adesão ou aluguel;
  • Aceita as principais bandeiras;
  • Conexão Wifi ou Bluetooth;
  • Garantia de 5 anos;
  • Parcelamento de compras em até 12 vezes;

2.  Máquina de cartão Cielo Controle – Cielo

A máquina de cartão da Cielo Controle é sob medida para empresas com volume alto de vendas. Para adquirí-la é necessário pagar uma mensalidade fixa e pagar taxas baratas nas transações de compras no crédito e débito.

Além disso, a Cielo Controle conta com as seguintes condições:

  • Saldo das vendas no débito em até 2 dias;
  • Saldo das vendas no crédito em até 31 dias;
  • Depósito do saldo na conta corrente.

3.  Máquina de cartão GetNet – Santander

A GetNet, empresa do Grupo Santander, também conta com máquina de cartão de qualidade. Elas são ideais para os empreendedores que buscam comodidade, praticidade e uma excelente rede de suporte.

Conheça abaixo as principais características dessa máquina de cartão:

  • Modelos com acesso via Bluetooth, banda larga e GPRS móvel;
  • Saldo das vendas na conta em até 30 dias – podendo ser adiantado;
  • Necessário ter conta jurídica no Santander